http://www.paraiba.pb.gov.br/odestadual/wp-content/themes/2014/temp/ode_fullbanner_910x90.gif

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Em Pilões, Vital defendeu o turismo como uma das prioridades para a região

Vital em Pilões 
Na condição de candidato da Coligação Renovação de Verdade, Vital do Rêgo (PMDB-PT), visitou na noite de ontem (26) a cidade de Pilões. Acompanhado de apoiadores e candidatos da coligação “Renovação de Verdade”, a exemplo do seu vice-governador Roberto Paulino e do candidato a deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), foram recepcionados na casa da conhecida liderança local Kiko de Catarina onde inauguraram um comitê de apoio a suas candidaturas e participaram de um evento na cidade. Na oportunidade Vital destacou que uma das suas metas para a região e o fortalecimento do turismo como gerador de emprego e renda.
Vital chegou na cidade por volta das 21h30h e por cerca de duas horas cumprimentou e aproveitou a oportunidade para dialogar com as pessoas que passavam pelo local. “Decidimos fazer essa caminhada em Pilões porque é um local de muita importância para o turismo de toda a região. Pilões já deixou muito claro que sabe receber bem os visitantes e nossa passagem pela cidade é uma demonstração que vamos valorizar o turismo via seus eventos”, ressaltou Vital.
Para a liderança local Marinésio Filho do ex-prefeito por duas vezes de Pilões Marinésio Ramalho, Vital sempre será bem recebido na cidade e com certeza como governador irá potencializar o desenvolvimento na cidade. “Nós temos as belezas naturais, a comida regional, mas, infelizmente, ainda faltam apoio do Estado via equipamentos turísticos, divulgação para desenvolver o setor, com Vital a população sabe que esse cenário vai mudar para melhor.”
Durante entrevista à imprensa presente, Vital aproveitou a ocasião para anunciar que na sua gestão Pilões e sua paisagem serrana e seu clima agradável que são um convite aos turistas que gostam de um bom ambiente natural terá total apoio e planejamento por parte da PB Tur e da Secretaria de Turismo do Estado para dinamizar o setor na região.
Uma representante da comunidade, Renata Barros, comentou ao candidato peemedebista a fragilidade dos serviços do Estado na região, citou o caso da segurança pública e a saúde que vem tirando o sono dos pilonenses que sofrem com a crescente onda de violência na região e afasta os turistas de Pilões.
Para o ex-vereador por três mandatos Zeto de Uricuri, presente na recepção a Vital é preciso mudar a estrutura político-partidária que governa atualmente a Paraíba. “Nossa região parou nos últimos anos e Vital tem todas as credenciais para colocar a Paraíba de novo no eixo do desenvolvimento.” Quem também esteve presente e deu um caloroso abraço a Vital foi o ex-prefeito de Areia Pai Veí, que ratificou o seu apoio a Vital e Roberto Paulino.
Em sua opinião, o atual governo não soube aproveitar as riquezas da região e investir no Turismo. “Não tem indústria que mais gera emprego do que a do Turismo. O PSB foi incapaz de fazer um projeto forte nesta área, capacitando as pessoas e investindo em infraestrutura”.
Vital finalizou afirmando que os projetos de cada região devem continuar sendo discutidos. “Conto com a energia de vocês para construir o estado da Paraíba com horizontes mais amplos”.

Ricardo leva “Caravana do Trabalho” a cinco municípios da PB

RC
Depois de serem recebidos com entusiasmo na noite desta sexta-feira (25) pela população de Catolé do Rocha, os candidatos da coligação “A Força do Trabalho” – PSB, PT, PDT, DEM, PRTB, PRP, PV, PSL, PC do B, PHS e PPL – cumprem agenda neste sábado (26) nas cidades de Cajazeiras, Sousa e Junco do Seridó.
Comandada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição; Lígia Feliciano (PDT), candidata à vice-governadora; e Lucélio Cartaxo (PT), candidato ao Senado Federal, a “Caravana do Trabalho” faz sua primeira parada na cidade de Cajazeiras, onde acontecerá o Encontro das Lideranças da região, às 10h, no ginásio da Escola Nossa Senhora de Lourdes, na Praça das Oiticicas. A comitiva será recebida pela prefeita Denise Oliveira (PSB) e pelo ex-prefeito Carlos Antônio (DEM).
De Cajazeiras, a “Caravana do Trabalho” seguirá para a cidade de Sousa, onde acontecerá, às 15h, no Sousa Ideal Clube, mais um encontro de lideranças que acreditam na força da chapa Ricardo-Lígia-Lucélio. Na “Cidade Sorriso”, os candidatos serão recepcionados pelo deputado estadual Lindolfo Pires (DEM) e pelos ex-prefeitos Fábio Tayrone (PSDB) e João Estrela (PDT).
A agenda deste sábado será encerrada no município de Junco do Seridó, onde Ricardo, Lígia e Lucélio participarão da Festa de São Pedro do Distrito do Bom Jesus, ao lado do prefeito Branco Simões (PSD).
Domingo
No domingo (27), a caravana da “Força do Trabalho” vai à cidade de Monteiro, para participar do Encontro das Lideranças do Cariri paraibano a partir das 13h. Em seguida, às 17h, Ricardo, Ligia e Lucélio seguirão para Gurjão, onde acompanharão a procissão de Santa Ana, padroeira do município.
Ainda em Gurjão, os candidatos da coligação “A Força do Trabalho” participarão da Festa de Bode na Rua, na companhia do presidente da Câmara Municipal, Edvan Santos (PT), e do ex-prefeito Martinho Cândido (PT).
Confira a agenda da coligação “A força do Trabalho” para sábado (26) e domingo (27)
26/07 – SÁBADO
10h – Encontro com lideranças da Força do Trabalho da região de Cajazeiras
Local: Ginásio da Escola Nossa Senhora de Lourdes, na Praça das Oiticicas, em Cajazeiras
15h – Encontro com lideranças da Força do Trabalho da região de Sousa
Local: Sousa Ideal Club, na Rua Francisco Almeida de Figueiredo, Centro
21h – Encontro com o prefeito Branco Simões (PSD), de Junco do Seridó
22h – Festa do Primeiro São Pedro do Distrito de Bom Jesus, em Junco do Seridó
27/07 – DOMINGO
13h – Encontro com lideranças da Força do Trabalho da Região de Monteiro
Local: Rua Alcindo Bezerra de Menezes, Monteiro
17h – Celebração de missa e procissão da Padroeira Santa Ana, Padroeira do Congo
Local: Igreja Matriz do Congo
21h – Visita a Festa Bode na Rua, Gurjão

Maranhão lidera disputa para o Senado com 31,3% das intenções

Eleições 2014 
A primeira rodada de pesquisa para o Senado da República, após o registro das candidaturas no Tribunal Regional da Eleitoral (TRE-PB), realizada pelo Instituto Souza Lopes, traz o candidato da coligação ‘Renovação de Verdade’, o ex-governador José Maranhão (PMDB) à frente da disputa com 31,3%, na consulta estimulada. Em seguida, aparece o ex-senador Wilson Santiago (PTB), que integra a coligação ‘A Vontade do Povo’, com 16,5%.
O petista Lucélio Cartaxo, que integra a coligação ‘A Força do Trabalho’, está em terceiro com 7% das intenções de voto. A pesquisa, realizada em parceria com o Sistema Correio de Comunicação, mostra ainda que o ex-deputado Walter Brito Filho, que concorre pelo PTC, aparece em quarto lugar com 2,7%. Leila Fonseca, do Pros, tem 0,5%; Nelson Júnior, concorrendo pelo Psol, está com 0,3%.
Já o candidato do PCO, Gilson Ferreira, último a registrar candidatura, e Rama Dantas, do PSTU, aparecem com 0,1%. Votos brancos e nulos para o Senado, segundo o Instituto Souza Lopes, seriam 16,7%. Outros 24,7% não souberam ou não quiseram responder à consulta estimulada para o Senado.
Espontânea
José Maranhão, que já ocupou uma cadeira no Senado, também lidera na consulta espontânea com 12,4% das intenções de voto, seguido de Wilson Santiago (6,8%), Lucélio Cartaxo (3,8%), Walter Brito Filho (0,3%), Vitalzinho (0,1%), Nelson Júnior (0,1%). Com também 0,1% aparecem ainda os nomes de Adriano, Arthur Cunha Lima Filho, Cássio Cunha Lima, Cícero Lucena, José Paulo, Luiz Couto, Pedro Cunha Lima e Rômulo Gouveia. Os votos brancos e nulos somaram 11,9% e 64% não sabem em quem votar ou não quiseram responder.
Dilma tem a preferência do paraibano
Concorrendo à reeleição, a petista Dilma Rousseff, se mantém na liderança pelo Palácio do Planalto, segundo a pesquisa estimulada Souza Lopes/Correio. Ela obteve 47,4% das intenções de voto na Paraíba. Ao todo, 11 candidatos estão na disputa pela Presidência da República nas eleições deste ano. Em segundo lugar na pesquisa estimulada, aparece o socialista Eduardo Campos com 12,9%. Uma diferença de 34,5 pontos percentuais entre os dois primeiros candidatos citados. Em terceiro está o tucano Aécio Neves com 12,6%.
Pastor Everaldo, do PSC, vem em quarto lugar com 1,1%. José Maria, do PSTU, foi citado por 0,5% dos eleitores entrevistados e Luciano Genro, do Psol, por 0,3%. Eduardo Jorge (PV) e Rui Costa Pimenta (PCO) aparecem com 0,2%. José Maria Eymael (PSDC), Levy Fidélix e Mauro Iasi (PCB) foram citados por apenas 0,1% dos eleitores na Paraíba.
Segundo o Instituto Souza Lopes, os votos brancos e nulos na consulta estimulada para presidente somariam 11,7%. Os eleitores que não sabiam em quem votar ou não opinaram na pesquisa para presidente da República são 12,9%.
Consulta espontânea
Na consulta espontânea, Dilma Rousseff se mantém na liderança com 36,7%. Aécio Neves, que na pesquisa estimulada aparece em terceiro, está em segundo com 9,3% e Eduardo Campos, com 8,1%. O ex-presidente Lula aparece na espontânea com 0,9%, seguido de Pastor Everaldo, com 0,4% e Eduardo Jorge, com 0,2%. Entre os entrevistados, 0,1% respondeu que votaria em José Serra, Marina Silva e Levy Fidélix. Brancos e nulos são 8,7% e 35,3% não sabem ou não opinaram.
72% avaliam bem
A pesquisa Souza Lopes/Correio quis saber ainda como os entrevistados classificam a administração da presidente Dilma Rousseff (PT). ‘Ótima, boa e regular’ somam 72%. Responderam ‘Ruim’, 9,1%, e 17,5% classificaram como ‘Péssima’. Não sabe ou não opinou soma apenas 1,4% dos eleitores entrevistados. Já em relação à aprovação de Governo, na Paraíba, 55,2% gostam da maneira como a presidente vem administrando o País. Já 39% desaprovam. Não sabem ou não opinaram somam 5,8%

Seleção de Curral de Cima e Cruzeiro de Itabaiana goleiam na estréia da Copa Rural

GEDSC DIGITAL CAMERA
Seis partidas foram realizadas neste final de semana na Copa Rural principal 2014 :

Destaque para as goleadas da SELEÇÃO DE CURRAL DE CIMA e CRUZEIRO DE CARIATÁ DE ITABAIANA e também para os jogadores Ismael (JUVENTUDE DE ESTACADA ) e Coxinha ( SELEÇÃO DE CURRAL DE CIMA ) que fizeram 3 gols cada.

NO SÁBADO(26) :

SELEÇÃO DE MATARACA 1 X 1 ALECRIM ESPORTE CLUBE DE CAPIM
gol : Badé                                               Gol : Thiago

SELEÇÃO DE BAYEUX 1 X 0 SELEÇÃO DE LUCENA
gol : Tom

JUVENTUDE DE ESTACADA 3 X 1 PITANGA ESPORTE CLUBE
Gols : Ismael ( 3 )                                    Gol: Mael

GUARANY DE SAPÉ 1 X 1 VASCO DE SOBRADO
Gol : Isaias                                               Gol: Lulinha

JOGOS DO DOMINGO(27) :

SELEÇÃO DE PEDRO RÉGIS 1 X 4 SELEÇÃO DE CURRAL DE CIMA
Gol : Agnaldo                                      Gols : Coxinha ( 3 ),Marciel

CRUZEIRO DE CARIETÁ / ITABAIANA 4 X 0 SERRINHA DE JURIPIRANGA
Gols : Tazinho ( 2 ), Flaviano e Gutemberg

obs : 32 equipes disputam a Copa Rural 20 agremiações estrearão no próximo domingo (3) no complemento da primeira rodada, os clubes que estrearam vão folgar no próximo domingo e devem aproveitar a data para realizar amistosos e melhorar suas equipes

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Mais um: Partido Novo pede ao TSE registro de seu estatuto e pode ser a 33ª sigla do Brasil

tse_nova_sede_foto_nelson_jr.

Mais um partido pediu para ser registrado pelo Tribunal Superior Eleitoral esta semana. Dessa vez chegou ao TSE o pedido de registro do Partido Novo. A sigla em formação pede para usar a sigla NOVO e ser identificado com o número 30. Caso seja aprovado será a 33ª agremiação no Brasil.
De acordo com o pedido, já foram atendidos todos os requisitos de criação, inclusive a assinatura de 493.316 eleitores que apoiam a formação da legenda.
O relator do pedido é o ministro João Otávio de Noronha.
Partidos
Atualmente existem 32 partidos políticos devidamente registrados no TSE com direito às garantias constitucionais conferidas às agremiações partidárias.
Para se criar um partido político no Brasil, segundo a Resolução do TSE nº 23.282/2010, a primeira etapa é a elaboração do programa e do estatuto da agremiação por seus fundadores, sendo no mínimo 101 eleitores no pleno exercício de seus direitos políticos e com domicílio eleitoral em, pelo menos, um terço dos Estados do país.
Em seguida, os fundadores têm de eleger os dirigentes nacionais provisórios do partido, na forma do estatuto, que se encarregarão das providências para o registro do estatuto no cartório do registro cível de Brasília-DF. O inteiro conteúdo do programa e do estatuto do partido em formação também deverá ser publicado no Diário Oficial da União.
O terceiro passo é a obtenção do apoio de eleitores, que deve equivaler a, no mínimo, 0,5% dos votos dados na última eleição geral para a Câmara dos Deputados (cerca de 490 mil), não computados os votos em branco e os nulos. Esse 0,5% de apoio deve estar distribuído por um terço ou mais dos Estados e equivaler a, no mínimo, 0,10% do eleitorado que votou em cada um desses Estados.
O quarto passo é o encaminhamento, aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), dos documentos exigidos. Também devem ser informadas a comissão provisória ou as pessoas responsáveis para a apresentação das listas ou formulários de assinaturas e a solicitação de certidão de apoio dos eleitores junto aos cartórios. Estes, por sua vez, darão publicidade às listas e formulários.
Depois, o presidente regional do partido em criação solicitará o registro da legenda no respectivo TRE e, por último, representantes da Comissão Executiva Nacional deverão solicitar o registro do estatuto e do respectivo órgão de direção nacional ao TSE.

TRE-PB rejeita ação e mantém prefeito de Ingá no cargo

advogado 
Depois de quase dois anos de tramitação, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) julgou improcedente a representação que pedia a cassação do prefeito de Ingá, Manoel Batista Chaves filho, conhecido na região como Manoel da Lenha, por suposta captação ilícita de sufrágio.
Para o advogado do prefeito, Marcus Túlio Campos, “a decisão não foi uma surpresa, já que tínham obtido decisão favorável já em primeira instância”. “Agora não resta mais nenhuma pendência jurídica quanto ao mandato do prefeito Manoel”, afirmou.
Ao julgar o processo, o Tribunal consagrou vitoriosa a tese da defesa do prefeito à unanimidade, mantendo o mandato e a elegibilidade do prefeito.

Cruzeiro de Itabaiana estréia na Copa Rural contra o Serrinha E. Clube

1899395_1413773615546977_550550033_oCruzeiro Futebol Clube de Carietá de Itabaiana disputará pela primeira vez a copa rural de futebol, o time fará a sua estréia neste domingo(27) ás 15 : 30 no Estádio do União em Itabaiana, a equipe cruzeirense receberá o Serrinha Esporte Clube da vizinha cidade de Juripiranga fazendo assim o clássico do vale do paraíba, o presidente Zezinho em contato com o departamento de esportes informou que o cruzeiro tem 21 anos de fundação tendo seu pai como fundador que ficou 11 anos administrando o clube que agora está sobre a sua presidência a 10 anos, Zezinho destacou a importância de formar um elenco competitivo tendo em vista que a copa rural é uma competição que reuni as melhores equipes amadoras de futebol de várias regiões do estado, pelo outro lado o presidente Aladim do Serrinha Esporte Clube tem formado a sua agremiação com bons jogadores existentes na cidade de Juripiranga e em municípios vizinhos, já que o Serrinha tem a experiencia de ter participado de várias temporadas desta competição.

Ricardo Coutinho arrasta multidão no Encontro com Lideranças Políticas da Força do Trabalho na cidade de Itabaiana

 
O Governador Ricardo Coutinho esteve ontem na cidade de Itabaiana para  mais um Encontro com Lideranças Políticas da força do Trabalho e arrastou uma multidão que lotou o prédio da AABB. Junto com ele estavam a candidata a vice- governadora  Dr. Lígia Feliciano e Lucélio Cartaxo candidato a senador. Também compareceram várias lideranças políticas da nossa cidade e da região. No discurso Ricardo disse que vai começar a obra do asfalto que liga Pilar a Itabaiana logo após o período das chuvas e que tem certeza que vai fazer muito mais pela nossa região.   

Veja os Vídeos abaixo:

video


quinta-feira, 24 de julho de 2014

Encontro com Lideranças Políticas da Força do Trabalho hoje em Itabaiana


Candidatos da Força do Trabalho reúnem lideranças de Guarabira e Itabaiana 
O governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição, a candidata a vice-governadora, Lígia Feliciano (PDT) e o candidato a Senador, Lucélio Cartaxo (PT), participam nesta quinta-feira (24), às 19h, na Sede da AABB em Itabaiana  do Encontro com Lideranças Políticas da Força do Trabalho.
Prefeitos, vereadores, presidentes de associações e o povo vão participar dos encontros para traçar estratégias para a campanha com os candidatos a governador, senador e deputados da coligação A Força do Trabalho.

Os encontros já foram realizados em Mamanguape, Bananeiras e Patos e foi marcado pela participação decisiva da militância e da população que quer contribuir para a preservação das conquistas da Paraíba nos últimos três anos e meio.

Encontro com as lideranças de Itabaiana

Quinta-feira(24)

Local:  AABB de Itabaiana

Horário: 19h

Governo do Estado decreta luto de três dias pela morte do escritor Ariano Suassuna


Governo do Estado decreta luto de três dias pela morte do escritor Ariano Suassuna
O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, decretou luto oficial de três dias pela morte do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna, ocorrida na tarde desta quarta-feira (23), em Recife.
De nº 35.194, o decreto de luto oficial na Paraíba lembra que as homenagens fazem jus à “trajetória profissional do escritor, dramaturgo e poeta paraibano Ariano Vilar Suassuna. Considerando que sua vida é um exemplo de cidadania para todos nós”.

Com o decreto, o ritual póstumo de Ariano Suassuna segue o mesmo padrão destinado aos chefes de Estado. “Os pavilhões nacional e estadual devem ser hasteados à meia-verga, em todos os estabelecimentos públicos estaduais”, diz o decreto.

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, lamentou a morte do escritor, que tanto honrou o Estado. “Lamentamos o dever institucional de assinar decreto instituindo três dias de luto oficial em razão de seu falecimento. Ariano, que por tantos anos nos fez rir, nos obriga a chorar o último capítulo de sua premiada trajetória. Mas não nos impede, ao mesmo tempo, de reverenciar o brilhantismo de sua existência, já que, segundo o próprio, o homem nasceu para a imortalidade. A morte foi um acidente de percurso".


Biografia

Ariano Vilar Suassuna nasceu em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa (PB), no dia 16 de junho de 1927, filho de Cássia Vilar e João Suassuna. No ano seguinte, seu pai deixa o governo da Paraíba e a família passa a morar no Sertão, na Fazenda Acauã, em Aparecida, Paraíba.

Com a Revolução de 1930, seu pai foi assassinado por motivos políticos no Rio de Janeiro e a família mudou-se para Taperoá, onde morou de 1933 a 1937. Nessa cidade, Ariano fez seus primeiros estudos e assistiu pela primeira vez a uma peça de mamulengos e a um desafio de viola, cujo caráter de “improvisação” seria uma das marcas registradas também da sua produção teatral.

A partir de 1942 passou a viver no Recife, onde terminou, em 1945, os estudos secundários no Ginásio Pernambucano, no Colégio Americano Batista e no Colégio Osvaldo Cruz. No ano seguinte iniciou a Faculdade de Direito, onde conheceu Hermilo Borba Filho. E, junto com ele, fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco. Em 1947, escreveu sua primeira peça, Uma Mulher Vestida de Sol. Em 1948, sua peça Cantam as Harpas de Sião (ou O Desertor de Princesa) foi montada pelo Teatro do Estudante de Pernambuco. Os Homens de Barro foi montada no ano seguinte.

Em 1950, formou-se na Faculdade de Direito e recebeu o Prêmio Martins Pena pelo Auto de João da Cruz. Para curar-se de doença pulmonar, viu-se obrigado a mudar-se de novo para Taperoá. Lá escreveu e montou a peça Torturas de um Coração em 1951. Em 1952, volta a residir em Recife. Deste ano a 1956, dedicou-se à advocacia, sem abandonar, porém, a atividade teatral. São desta época O Castigo da Soberba (1953), O Rico Avarento (1954) e o Auto da Compadecida (1955), peça que o projetou em todo o país e que seria considerada, em 1962, por Sábato Magaldi “o texto mais popular do moderno teatro brasileiro”.

Em 1956, abandonou a advocacia para tornar-se professor de Estética na Universidade Federal de Pernambuco. No ano seguinte foi encenada a sua peça O Casamento Suspeitoso, em São Paulo, pela Cia. Sérgio Cardoso, e O Santo e a Porca; em 1958, foi encenada a sua peça O Homem da Vaca e o Poder da Fortuna; em 1959, A Pena e a Lei, premiada dez anos depois no Festival Latino-Americano de Teatro.

Em 1959, em companhia de Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste, que montou em seguida a Farsa da Boa Preguiça (1960) e A Caseira e a Catarina (1962). No início dos anos 60, interrompeu sua bem-sucedida carreira de dramaturgo para dedicar-se às aulas de Estética na UFPE. Ali, em 1976, defende a tese de livre-docência A Onça Castanha e a Ilha Brasil: Uma Reflexão sobre a Cultura Brasileira. Aposenta-se como professor em 1994.

Membro fundador do Conselho Federal de Cultura (1967); nomeado, pelo Reitor Murilo Guimarães, diretor do Departamento de Extensão Cultural da UFPE (1969). Ligado diretamente à cultura, iniciou em 1970, em Recife, o “Movimento Armorial”, interessado no desenvolvimento e no conhecimento das formas de expressão populares tradicionais. Convocou nomes expressivos da música para procurarem uma música erudita nordestina que viesse juntar-se ao movimento, lançado em Recife, em 18 de outubro de 1970, com o concerto “Três Séculos de Música Nordestina – do Barroco ao Armorial” e com uma exposição de gravura, pintura e escultura. Secretário de Cultura do Estado de Pernambuco, no Governo Miguel Arraes (1994-1998).

Entre 1958-79, dedicou-se também à prosa de ficção, publicando o Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta (1971) e História d’O Rei Degolado nas Caatingas do Sertão / Ao Sol da Onça Caetana (1976), classificados por ele de “romance armorial-popular brasileiro”.

Ariano Suassuna construiu em São José do Belmonte, onde ocorre a cavalgada inspirada no Romance d’A Pedra do Reino, um santuário ao ar livre, constituído de 16 esculturas de pedra, com 3,50 m de altura cada, dispostas em círculo, representando o sagrado e o profano. As três primeiras são imagens de Jesus Cristo, Nossa Senhora e São José, o padroeiro do município.

Membro da Academia Paraibana de Letras e Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2000).

Em 2004, com o apoio da ABL, a Trinca Filmes produziu um documentário intitulado O Sertão: Mundo de Ariano Suassuna, dirigido por Douglas Machado e que foi exibido na Sala José de Alencar.
 
Em 2002, Ariano Suassuna foi tema de enredo no carnaval carioca na escola de samba Império Serrano; em 2008, foi novamente tema de enredo, desta vez da escola de samba Mancha Verde no carnaval paulista. Em 2013 sua mais famosa obra, o Auto da Compadecida será o tema da escola de samba Pérola Negra em São Paulo.

Em 2006, foi concedido título de doutor honoris causa pela Universidade Federal do Ceará, mas que veio a ser entregue apenas em 10 de junho de 2010, às vésperas de completar 83 anos. "Podia até parecer que não queria receber a honraria, mas era problemas de agenda", afirmou Ariano, referindo-se ao tempo entre a concessão e o recebimento do título.3

Durante o mandato de Eduardo Campos, Ariano foi Assessoria Especial do Governo de Pernambuco, até abril de 2014.

Ariano Suassuna era torcedor fanático do Sport Club do Recife.4

 

Morte

Ariano morreu no dia 23 de julho de 2014 no Real Hospital Português, no Recife, onde deu entrada na noite do dia 21 vítima de um acidente vascular cerebral (AVC), passando por procedimento cirúrgico com colocação de dois drenos para controlar a pressão intracraniana. Ele ficou em coma e respirando por ajuda de aparelhos.5

 

Estudos

Em 1942, ainda adolescente, Ariano Suassuna muda-se para cidade do Recife, no vizinho estado de Pernambuco, onde passou a residir definitivamente. Estudou o antigo ensino ginasial no renomado Colégio Americano Batista, e o antigo colegial (ensino médio), no tradicionalíssimo Ginásio Pernambucano e, posteriormente, no Colégio Oswaldo Cruz. Posteriormente, Ariano Suassuna concluiu seu estudo superior em Direito (1950), na célebre Faculdade de Direito do Recife, e em Filosofia (1964).

De formação calvinista e posteriormente agnóstico, converteu-se ao catolicismo, o que viria a marcar definitivamente a sua obra.6

Ariano Suassuna estreou seus dons literários precocemente no dia 7 de outubro de 1945, quando o seu poema "Noturno" foi publicado em destaque no Jornal do Commercio do Recife.

 

Advocacia e teatro


Na Faculdade de Direito do Recife, conheceu Hermilo Borba Filho, com quem fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco. Em 1947, escreveu sua primeira peça, Uma mulher vestida de Sol. Em 1948, sua peça Cantam as harpas de Sião (ou O desertor de Princesa) foi montada pelo Teatro do Estudante de Pernambuco. Seguiram-se Auto de João da Cruz, de 1950, que recebeu o Prêmio Martins Pena, o aclamado Auto da Compadecida, de 1955, O Santo e a Porca - O Casamento Suspeitoso, de 1957, A Pena e a Lei, de 1959, A Farsa da Boa Preguiça, de 1960, e A Caseira e a Catarina, de 1961.

Entre 1951 e 1952, volta a Sousa, para curar-se de uma doença pulmonar. Lá escreveu e montou Torturas de um coração. Em seguida, retorna a Recife, onde, até 1956, dedica-se à advocacia e ao teatro.

Em 1955, Auto da Compadecida o projetou em todo o país. Em 1962, o crítico teatral Sábato Magaldi diria que a peça é "o texto mais popular do moderno teatro brasileiro". Sua obra mais conhecida, já foi montada exaustivamente por grupos de todo o país, além de ter sido adaptada para a televisão e para o cinema.

Em 1956, afasta-se da advocacia e se torna professor de Estética da Universidade Federal de Pernambuco, onde se aposentaria em 1994. Em 1976, defende sua tese de livre-docência, intitulada "A Onça castanha e a Ilha Brasil: uma reflexão sobre a cultura brasileira".

Ariano acredita que: "Você pode escrever sem erros ortográficos, mas ainda escrevendo com uma linguagem coloquial."

 

Movimento Armorial

Para maiores informações acesse o artigo completo sobre o Movimento Armorial.

Ariano foi o idealizador do Movimento Armorial, que tem como objetivo criar uma arte erudita a partir de elementos da cultura popular do Nordeste Brasileiro. Tal movimento procura orientar para esse fim todas as formas de expressões artísticas: música, dança, literatura, artes plásticas, teatro, cinema, arquitetura, entre outras expressões.

Obras de Ariano Suassuna já foram traduzidas para inglês, francês, espanhol, alemão, holandês, italiano e polonês.7